Artigo original
Determinantes do estado de saúde dos diabéticos
Determinants of diabetic's health status
Rui Santos Cruza,, , Catarina Elisabete Leitãob,c,e, Pedro Lopes Ferreirad,e
a Departamento de Farmácia, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, Instituto Politécnico de Coimbra, Coimbra, Portugal
b Departamento de Fisioterapia, Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Castelo Branco, Portugal
c Departamento de Fisioterapia, Instituto Politécnico de Leiria, Leiria, Portugal
d Faculdade de Economia, Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal
e Centro de Estudos e Investigação em Saúde, Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal
Recebido 02 Janeiro 2015, Aceitaram 10 Maio 2016
Resumo
Introdução

A diabetes mellitus é uma doença crónica que exige um elevado compromisso ao nível do autocuidado e autocontrolo dos doentes para aderir e manter os esquemas terapêuticos propostos. Por isso, é determinante identificar os fatores que possam influenciar a autogestão da saúde e a qualidade de vida da pessoa diabética.

Objetivo

O presente trabalho pretendeu avaliar a fiabilidade e a validade da versão breve do perfil de saúde do diabético (diabetic health profile – DHP‐18).

Material e métodos

Estudo observacional, descritivo e transversal; participaram 153 diabéticos distribuídos por centros de saúde, farmácias comunitárias e Associação de Diabéticos da Zona Centro de Portugal. O protocolo de recolha de dados incluiu uma medida específica do DHP‐18 e uma medida genérica do estado de saúde SF‐12, bem como dados clínicos e sociodemográficos.

Resultados

Dos 153 pacientes, 54,2% eram do sexo feminino, sendo a média das idades de 61,99 anos. Oitenta e cinco por cento dos indivíduos têm diabetes mellitus tipo 2 e o tempo de diagnóstico é em média de 13,28 anos. O DHP revela melhores valores de qualidade de vida na saúde mental do que na saúde física. Os valores de qualidade de vida mais baixos pertencem ao domínio da alimentação desinibida.

Conclusões

A versão breve do DHP‐18 apresenta valores psicométricos de fiabilidade e validade considerados satisfatórios para medir o perfil de saúde em doentes diabéticos. Os resultados revelam a especificidade do doente diabético e confirmam a necessidade de investir em abordagens preventivas, particularmente ao nível dos hábitos alimentares desta população.

Abstract
Introduction

Diabetes mellitus is a chronic disease that requires a high level commitment to patient self‐care and also to adhere and maintain the proposed therapeutic regimens. So, it is crucial to identify the factors that may influence the self‐management of health and quality of life of diabetic patient.

Objective

This study aimed to evaluate the reliability and validity of the short version of the Diabetic Health Profile ‐ DHP 18.

Materials and Methods

Observational, descriptive and cross‐sectional study, with 153 diabetics recruited from primary health‐care centers, pharmacies and diabetic association of Portugal central region. The data collection protocol included a specific diabetic health profile‐DHP‐18, and as a generic state of health‐SF‐12, as well as clinical and demographic data.

Results

From 153 patients, 54.2% were female, with an average age of 61.99 years. 85% of individuals have type 2 diabetes mellitus and the time of diagnosis is on average 13.28 years. The Diabetic Health Profile shows better quality of life values in mental health than in physical health. The lowest quality of life values were within the field of uninhibited eating.

Conclusions

The short version of the Diabetic Health Profile‐DHP‐18, presents psychometric values of reliability and validity satisfactory to measure the health profile in diabetic patients. The results show the specificity of the diabetic patient and support the need to invest in preventive approaches particularly in terms of eating habits of this population.

Palavras‐chave
Estado de saúde, Diabetes mellitus, Qualidade de vida, Medição de saúde, Questionários
Keywords
Health Status, Diabetes Mellitus, Quality of Life, Health measurement, Questionnaires

Open Access

Licença Creative Commons
Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

+ info