Review Article
Spontaneous coronary artery dissection: A single-center case series and literature review
Disseção coronária espontânea – Uma série de casos de um centro e revisão da literatura
Glória Abreu, , Carlos Galvão Braga, João Costa, Pedro Azevedo, Jorge Marques
Cardiology Department, Hospital de Braga, Braga, Portugal
Abstract
Background

Spontaneous coronary artery dissection (SCAD) is an unusual cause of acute coronary syndrome (ACS). Better recognition and diagnosis has raised awareness of this condition. However, the pathophysiology of SCAD and its prognosis are still little understood. We aimed to investigate the characteristics and prognosis of patients with SCAD, and subsequently performed a review of literature.

Methods

Single-center, retrospective study performed in patients hospitalized from January 2010 to December 2016 with suspected ACS (n=5002) whose final diagnosis was SCAD (n=27; 0.5%).

Results

Patients with SCAD were mainly female (81.5%; n=22), with median age of 56. Predisposing factors were identified in 12 (44%) patients and precipitating factors in three (11.1%). Non-ST elevation myocardial infarction (NSTEMI) was the main form of presentation (51.9%). The left anterior descending artery (LAD) territory was the most commonly involved (n=12, 44.4%). Type 2 dissection was the most prevalent angiographic pattern (n=17, 63%). The majority of patients (n=15; 55.6%) were managed medically and the remaining patients underwent percutaneous coronary intervention (PCI) with drug-eluting stents. Seven patients re-infarcted while in the hospital. Over the median follow-up period of 20 months, 7.4% of patients (n=2) had symptoms of heart failure (HF) and 14.8% developed ACS (in three patients the event occurred in a coronary territory other than that of the index case, and in one patient it occurred in the previously affected territory). There were no deaths.

Conclusion

In the studied population, SCAD was more prevalent in middle-aged women. Despite the high prevalence of in-hospital re-infarction or during follow-up, the prognosis was good overall.

Resumo
Introdução

A disseção coronária espontânea (DCE) é uma causa infrequente de síndrome coronária aguda. O crescente reconhecimento e diagnóstico dessa entidade tem alertado os clínicos para a sua ocorrência. Porém, a fisiopatologia da DCE e o respetivo prognóstico ainda se encontram mal esclarecidos. O objetivo deste estudo foi investigar as características e o prognóstico dos doentes com DCE, efetuando-se, posteriormente, uma revisão da literatura.

Métodos

Estudo retrospetivo, unicêntrico, realizado em doentes admitidos de janeiro de 2010 a dezembro de 2016, sob a suspeita de SCA (n = 5002), cujo diagnóstico final foi DCE (n = 27; 0,5%).

Resultados

Os doentes com DCE eram na sua maioria mulheres (81,5%; n = 22), com mediana de 56 anos. Em 12 doentes (44%) foram identificados fatores predisponentes e em três (11,1%) fatores precipitantes. O enfarte sem supradesnivelamento do segmento ST foi a forma mais frequente de apresentação (51,9%), o território da descendente anterior foi o mais frequentemente envolvido (n = 12, 44,4%). O padrão angiográfico de dissecção tipo 2 (n = 17, 63%) foi o mais prevalente. A maioria dos doentes (n = 15; 55,6%) foi tratada medicamente, os restantes fizeram angioplastia com stents revestidos com fármaco. Durante a hospitalização, sete doentes tiveram re-enfarte. Durante o período mediano de 20 meses de seguimento, 7,4% (n = 2) dos doentes apresentaram sintomas de insuficiência cardíaca e 14,8% apresentaram SCA (em três doentes o evento ocorreu num território coronário diferente do caso índex e em um doente no território coronário previamente afetado). Não ocorreram eventos mortais.

Conclusão

Na população estudada, a disseção coronária espontânea foi mais prevalente nas mulheres de meia-idade. Apesar da prevalência de re-enfarte durante e após a hospitalização não ser insignificante, o prognóstico, globalmente, foi bom.

Keywords
Spontaneous coronary dissection, Acute coronary syndrome, Intramural hematoma, Coronary angiography
Palavras-chave
Dissecção coronária espontânea, Síndrome coronária aguda, Hematoma intramural, Angiografia coronária

Métricas

  • Impact Factor: 0,827(2017)
  • 5-years Impact Factor: 0,775
  • SCImago Journal Rank (SJR):0,267
  • Source Normalized Impact per Paper (SNIP):0,419