Case report
Retrograde catheterization of the SMA on a B-EVAR – Case report
Cateterização retrógrada da AMS como recurso em B-EVAR – Caso clínico
Gonçalo Queiroz de Sousaa,, , Ruy Fernandes e Fernandesa, Luís Mendes Pedroa, Pedro Garridoa, Luís Silvestrea, Eric Verhoevenb, José Fernandes e Fernandesa
a Clínica Universitária de Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Maria – Centro Hospitalar Lisboa Norte, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Centro Académico de Medicina de Lisboa, Lisboa, Portugal
b Department of Vascular and Endovascular Surgery, Paracelsus Medical University, Nuremberg, Germany
Recebido 07 Junho 2016, Aceitaram 09 Setembro 2016
Abstract

Endovascular treatment of complex thoracoabdominal aneurysms with branched and fenestrated grafts (B/F-EVAR) has become the first option for patients with suitable anatomy and very high risk for open surgery, who would likely be refused for open repair. We present a case of a patient with a type III thoracoabdominal aneurysm submitted to endovascular repair with a custom-made endograft with branches to the celiac trunk and SMA, and a fenestration to the left renal artery. During the procedure there was the need to do a laparotomy to allow for retrograde catheterization of the SMA, with technical success. In this case, the retrograde access was of utmost importance for the completion of the procedure. Different techniques for target vessel catheterization, such as the one we describe, should be part of a vascular surgeon's resources in B/F-EVAR procedures.

Resumo

O tratamento endovascular de aneurismas toraco-abdominais complexos com endopróteses ramificadas e/ou fenestradas (B/F-EVAR), coloca-se como primeira opção em doentes com risco cirúrgico muito elevado e anatomia favorável, e que potencialmente seriam recusados para tratamento cirúrgico convencional. Os autores apresentam um caso clínico de um doente com um aneurisma da aorta toraco-abdominal tipo III submetido a B/F-EVAR com endoprótese custom-made com ramificações para o tronco celíaco e artéria mesentérica superior, e fenestração para a artéria renal esquerda. Durante o procedimento houve necessidade de realizar laparotomia mediana para cateterização retrógrada da AMS, concretizada com sucesso. Neste caso, a cateterização retrógrada da AMS foi fulcral para o sucesso técnico da intervenção. Técnicas de cateterização alternativas como a descrita devem ser parte do armamentário de recurso na execução de casos de B/F-EVAR.

Keywords
Retrograde catheterization, Superior mesenteric artery, Fenestrated evar, Branched evar, Thoracoabdominal aneurysm
Palavras chave
Cateterização retrógrada, Artéria mesentérica superior, Endoprótese fenestrada, Endoprótese ramificada, Aneurisma toraco-abdominal

Open Access

Licença Creative Commons
Angiologia e Cirurgia Vascular está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

+ info